HomeUltimas NoticiasII ENCONTRO ESTADUAL DOS ACS E ACE DE ALAGOAS/27 de Outubro de...

II ENCONTRO ESTADUAL DOS ACS E ACE DE ALAGOAS/27 de Outubro de 2023

 

 

  

No decorrer dos esforços contínuos para fortalecer e unificar a categoria de Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate a Endemias (ACE), a FEDACS/AL promoveu o II Encontro Estadual dos ACS e ACE de Alagoas, realizado em 27 de Outubro de 2023. Este grandioso evento congregou cerca de mil ACS e ACE oriundos de diversos municípios alagoanos, destacando-se pela relevância de suas pautas e pela presença maciça da categoria.

No palco, tivemos a honra de contar com a presença dos presidentes dos sindicatos filiados e as ilustres figuras da presidente e do vice-presidente da CONACS, Ilda Angélica e João Bosco, respectivamente.

Com determinação e profissionalismo, o presidente da FEDACS, Jader de Albuquerque, conduziu os trabalhos do dia. Sua fala enfatizou o papel vital de Alagoas no cenário político atual e a necessidade premente de manter a categoria unida, organizada e mobilizada em prol de seus objetivos. Jader reforçou a mensagem: “Alagoas fará toda a diferença mais uma vez.”

A CONACS, por sua vez, não só ecoou as palavras de Jader, como também apresentou detalhadamente as propostas que estão em tramitação no Congresso Nacional. Entre elas, destacam-se a regulamentação da aposentadoria especial, os 40% de insalubridade, a parcela extra adicional e a questão da desprecarização do vínculo dos ACS e ACE.

O evento foi marcado por um ambiente amigável, propício para trocas, aprendizados e interações. Todos os presentes puderam testemunhar e participar do que foi, sem dúvida, um dos maiores eventos organizados por trabalhadores em Alagoas nos últimos tempos.

E como lembrança e chamado à ação, as palavras ressoam:

“DEUS ESTÁ NO COMANDO. A LUTA NÃO PODE PARAR! A UNIÃO FAZ A FORÇA!”

A CONACS TRABALHANDO EM TODO LUGAR, O TEMPO TODO.

Atenciosamente, Equipe de Imprensa CONACS.

RELATED ARTICLES

Most Popular

Recent Comments

ENQUETE

NA SUA OPINIÃO, QUAIS PAUTAS DEVERÃO SER PRIORIDADE NO ANO DE 2024?