HomeSem categoriaPRESSÃO PELO PISO NACIONAL EM BRASÍLIA

PRESSÃO PELO PISO NACIONAL EM BRASÍLIA

Esta semana, a CONACS continua em Brasília na luta e em cumprimento da agenda para acompanhar a tramitação do PL 6437/16 fazendo pressão para que a categoria possa alcançar o reajuste do PISO NACIONAL.

Nos dias 14 e 15 de março, estavam presentes os estados do Ceará, Goiás e também de Minas Gerais.

A CONACS participou da Reunião Ordinária da Comissão Especial, onde a pauta principal do encontro foi a eleição da vice presidência. Infelizmente a eleição não ocorreu por falta de quórum. Porém, na ocasião foram aprovados os requerimentos de audiência pública para o próximo dia 21/03 com a participação da CONACS, Fio Cruz e Ministério da Saúde.

WhatsApp Image 2017-03-15 at 21.19.04

No dia 06 de abril, no Auditório Nereu Ramos, na Câmera Federal, em Brasília teremos um seminário para aprofundarmos nossas discussões.

Sendo assim, contamos com a presença e participação ativa de todos.

Acompanhe as datas e locais através do calendário.

Data Estado Parlamentar
24/03 (Sexta) Matogrosso do Sul Mandetta e Geraldo Resende
27/03 (Segunda) Ceará Odorico Monteiro,  Raimundo Gomes de Matos e Leônidas Cristino
31/03 (Sexta) Goiás Pedro Chaves e João Campos
03/04 (Segunda) Amazonas Conceição Sampaio
03/04 (Segunda) Pará Hélio Leite
07/04 (Sexta) Piauí Silas Freire
10/04 (Segunda) Rio de Janeiro e Minas Gerais Benedita da Silva (RJ); Rodrigo Pacheco e Adelmo Leão (MG)
12/04 (Quarta Santa) Maranhão Júnior Marreca e Hildo Rocha
17/04 (Segunda) Bahia e Sergipe Jorge Solla e Daniel Almeida (BA); e Fábio Reis e André Moura (SE)
24/04 (Segunda) Paraíba e Pernambuco Hugo Motta e Benjamim Maranhão (PB); Gonzaga Patriota (PE)
25/04 (Terça) Alagoas Valtenir Pereira – Max Beltrão
27/04 (Quinta) Tocantins Josi Nunes
28/04 (Sexta) Mato Grosso Valtenir Pereira
05/05 (Sexta) Espírito Santo Valtenir – Givaldo e Lelo Coimbra
08/05 (Segunda) São Paulo Vicentinho
RELATED ARTICLES

183 COMMENTS

Comments are closed.

Most Popular

Recent Comments

ENQUETE

NA SUA OPINIÃO, QUAIS PAUTAS DEVERÃO SER PRIORIDADE NO ANO DE 2024?